Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas

A partir das notificações da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o Observatório de Segurança Pública realizou mais uma análise do perfil dos infectados pelo novo coronavírus em Pelotas. Os dados são relativos ao período em que o município tinha um total de 2.762 casos confirmados, até o dia três de setembro.

Mapa contágio

Conforme o levantamento, as categorias com maior incidência são:

– profissionais da saúde : 524 positivos (18,9%);

-comerciário/atendente : 353 positivos (23,7%);

-aposentado: 349 positivos (12,6%);

-estudante : 195 ( 7,1%);

-não informado : 155 ( 5,6%);

-dona de casa : 143 (5,2%);

-construção civil : 121 ( 4,4%);

– profissional de transporte: 81 (2,9%);

-profissional da segurança: 74 ( 2,7%);

-profissional da indústria : 71 (2,6%);

-administrador /empresário: 71 (2,6%);

-profissional da educação :68 (2,5%);

-prestador de serviços: 66 ( 2,4%).

OUTRAS OCUPAÇÕES

A análise ainda aponta que 326 pessoas, 11,9% do total, são autônomos, desempregados, servidores públicos, crianças menores de quatro anos, profissionais do ramo alimentício, empregadas domésticas e advogados.

Profissionais da estética, rurais, do esporte, da tecnologia, da comunicação, cuidadores de idosos, dentistas, corretores de imóveis, psicólogos/psiquiatras, funcionários públicos, portuários, contadores, veterinários, biológicos, músicos, pesquisadores, lideres religiosos representam 6% dos infectados, um total de 165 pessoas.

Areal e Fragata têm aumento no número de moradores infectados

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde (SMS) de Pelotas divulgou, na segunda-feira (7), o zoneamento dos casos confirmados do novo coronavírus na cidade. A análise desta semana aponta que os bairros Areal e Fragata são os bairros com maior aumento no número de moradores infectados no município, enquanto as Três Vendas estabilizou em 22%, o mesmo índice do levantamento divulgado na semana passada.

O Areal teve aumento de 0,9% em sete dias, passando de 16,1% para 17%. Já o bairro-cidade, no mesmo período, passou de 23,7% para 24,1%. Além deles, a Zona Rural teve aumento de 0,2%.

Já os bairros que tiveram redução em uma semana foram: o Centro – 18,2% -, o São Gonçalo – 7,8% -, o Laranjal – 3,9% – e a Barragem – 1,9% -. Aqueles que não informaram o local de residência à Vigilância são 3,1% do total de infectados no município.



Fonte: Diário da Manhã | Laranjal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on tumblr
Tumblr