Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas

ATÉ agora 1.063 profissionais da saúde tiveram exames positivos para Covid-19 em Pelotas

A atualização do perfil, a partir da ocupação profissional, realizada pelo Observatório de Segurança Pública, com base nos dados registrados pela Vigilância Epidemiológica, da Secretaria de Saúde (SMS), apontou que 48,97% dos infectados pelo coronavírus, em Pelotas, são profissionais da saúde, aposentados, comerciários e estudantes. O levantamento considerou as informações até o dia 12 de novembro, quando o Município possuía 6.589 casos confirmados.

A maior incidência de exames positivos está entre:

– profissionais da saúde: 1.063 casos (16,13%);

– aposentados: 816 casos (12,38%);

– comerciários/atendentes: 732 casos (11,11%);

– estudantes: 616 casos (9,35%);

– donas de casa: 431 casos (6,54%);

– não informados: 263 casos (3,99 %);

– profissional do transporte: 201 casos (3,05%);

– construção civil: 193 casos (2,93%);

– administradores/empresários: 186 casos (2,82%);

– prestadores de serviços: 174 casos (2,64%);

– autônomos: 167 casos (2,53%);

– profissionais da educação: 162 casos (2,46%);

– desempregados: 157 casos (2,38%); e,

– profissionais da segurança: 148 casos (2,25%).

OUTRAS CATEGORIAS

Profissionais da indústria, servidores públicos, trabalhadores do ramo alimentício, serviços administrativos, crianças menores de 4 anos, empregadas domésticas, advogados e profissionais da estética representam 12, 24% dos infectados pelo coronavírus – o total de 807 pessoas.

O levantamento ainda aponta casos positivos entre profissionais rurais, cuidadores de idosos, porteiros, engenheiros mecânicos/mecânicos, corretores de imóveis, profissionais do esporte, da comunicação, contadores, dentistas, eletricistas, profissionais da tecnologia, psicólogos/psiquiatras, veterinários, bancários, portuários, técnicos em informática, músicos, nutricionistas, costureiras, técnicos em telecomunicações, economistas, pesquisadores, pescadores, biólogos, jardineiros e líderes religiosos. Esses grupos totalizam 473 pessoas infectadas, correspondendo ao percentual de 7,19% das ocorrências.

Centro e São Gonçalo foram os bairros que apresentaram maior aumento do percentual de infectados

FRAGATA SEGUE COM MAIOR OCORRÊNCIA DE CASOS

Novo zoneamento de casos da Covid-19 em Pelotas foi divulgado nesta sexta-feira (13) pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde (SMS). A análise desta semana mostra que Fragata, Três Vendas e Areal continuam como locais com maior número de infectados. O levantamento, feito pelo Observatório de Segurança Pública, considerou os registros até o dia 12 de novembro, quando havia 6.589 confirmados.

Apesar de apresentar a queda de 0,1% da última semana em relação à atual, o bairro Fragata permanece em primeiro lugar, com 23,6% de infectados. Três Vendas e Areal mantiveram-se com a mesma porcentagem – 21,6% e 19,6%, respectivamente. O Centro registrou 17,8%, com o acréscimo de 0,4%, enquanto que o São Gonçalo concentrou 8% dos registros positivos, com aumento de 0,3%, sendo as localidades que computaram maior suba de contaminações.

O Laranjal, com 4,7%, e a zona rural, com 1,8% registraram a redução de 0,1% cada. A Barragem manteve o percentual de 1,4%. Os infectados que não informaram local de residência somam 1,8% dos casos.

Município segue em bandeira laranja

Pelotas segue em bandeira laranja, no Distanciamento Controlado do governo do Estado, segundo avaliação preliminar divulgada nesta sexta-feira (13). Com essa classificação, o Município se mantém em risco médio para o novo coronavírus pela quinta semana consecutiva.

As medidas determinadas em decretos municipais continuam em vigor na cidade. O mapa definitivo será divulgado na segunda-feira (16), e o enquadramento na bandeira final passará a valer de terça-feira (17) até segunda-feira (23).



Fonte: Diário da Manhã | Laranjal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *