HOMICÍDIO : Vítima é executada na rua Direitos Humanos


À noite de domingo, assassinato com vários disparos no Navegantes 3

            Quase meia-noite, a vítima Robert Hofmaiste Rosbach de 28 anos, havia saído de casa à rua Direitos Humanos no Navegantes 3, quando foi surpreendido por disparos que o atingiram. Vizinhos trataram de chamar o atendimento do SAMU, e equipe foi até o local. No entanto, devido a gravidade dos ferimentos, a vítima não resistiu e faleceu.

CabeçalhoTIROS – Conforme o levantamento técnico no local do crime, perícia constatou que os disparos foram com arma de calibre 9mm. Nas proximidades do local no qual o homem foi alvejado, policiais recolheram cartuchos deflagrados, sendo que um foi encontrado ainda intacto.

PISTAS – A polícia já investiga acerca da rotina da vítima, e possíveis desentendimentos que possam ter motivado o assassinato. Assim, também familiares, bem como conhecidos da vítima, poderão contribuir para esclarecer o que poderia ter desencadeado a violência.

DIREITOS Humanos é uma via que, a exemplo de inúmeras localidades na periferia urbana, já teve períodos com criminalidade elevada. Recentemente, no entanto, o local estava fora das ocorrências policiais. Como curiosidade, a designação que contrasta com o cotidiano. Mas o respeito aos direitos humanos decorre de acesso à sobrevivência digna, o que decorre do acesso a políticas públicas essenciais.

BARRO DURO – Tentativa de homicídio no Balneário dos Prazeres (Barro Duro). Na madrugada de domingo, casal transitava no local quando foi interceptado por desconhecido. Ele não anunciou assalto, e repentinamente desferiu disparos em direção às vítimas. O jovem foi alvejado, e tombou ferido. Com a vítima atingida no pescoço, o autor dos tiros tratou de sair rapidamente do local. O jovem baleado foi socorrido, e conduzido para receber atendimento médico.



Fonte: Diário da Manhã | Balneário dos Prazeres