Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas

Your monthly usage limit has been reached. Please upgrade your Subscription Plan.

°C
Portal Praia do Laranjal - www.PraiaDoLaranjal.tur.br
Praia do Laranjal, Pelotas, Rio Grande do Sul

Vacinação do grupo de pessoas com 75 anos ou mais foi garantida no drive-thru. O processo segue na terça-feira (23), para idosos com 74 anos ou mais 

O começo desta semana foi marcado pelo início da imunização de idosos de 75 anos ou mais em Pelotas. Nesta segunda-feira (22), 1.132 vacinas contra o coronavírus foram aplicadas no drive-thru, no Centro de Eventos da Fenadoce. Na terça-feira (23), no mesmo local e seguindo o sistema, a vacinação será destinada às pessoas com 74 anos ou mais.

A filha de Nair Lima de 75 anos entrou na fila, às 5h, para garantir a imunização da mãe. Enquanto isso, Nair lutava contra a ansiedade em casa. “Nem dormi direito esta noite”, lembrou. Os sentimentos de alívio e felicidade se misturaram com o de admiração pelo sistema organizado no local. “Eu rezava todas as noites, quando iniciou a vacinação, para que chegasse a minha vez”, contou emocionada.

Apesar da dor sentida na hora da aplicação, Noeni Gomes, 75 anos, afirmou estar mais tranquila após, finalmente, receber a 1ª dose. Ela foi acompanhada de sua cuidadora e do genro, que elogiaram a estrutura oferecida. Assim como ela, José Figueira, também de 75 anos, contou que, ao lado do seu filho, mesmo tendo se programado muito para o momento, não deixou a tranquilidade de lado.

De acordo com o Sistema de Monitoramento da Imunização no Estado, 34.113 doses da vacina já foram aplicadas em Pelotas, sendo 25.314 referentes à 1ª dose e 8.799 à 2ª dose.

Drive-thru continua nesta terça-feira

Nesta terça-feira, será a vez dos integrantes da faixa etária dos 74 anos ou mais receberem a 1ª dose do imunizante contra a Covid-19. A vacinação ocorrerá no sistema drive-thru, no Centro de Eventos da Fenadoce, com entrada pela avenida Pinheiro Machado.

Serão 2 mil doses disponibilizadas para aplicação das 9 às 17h. Os beneficiados deverão apresentar documento de identidade, cartão SUS ou CPF e comprovante de residência.

Drive Thru bastante movimentado, continua nesta terça-feira. Foto Michel Corvello

Vacinação nos bairros

A partir de quarta-feira (24), os idosos com idade entre 74, 75 e 76 anos poderão receber a proteção contra o coronavírus nas escolas municipais. O método de distribuição de fichas será repetido de acordo com as doses disponibilizadas em cada local. São sete pontos escolhidos para o processo, que vai até sexta-feira (26), das 10 às 15h, e seguirá a seguinte programação:

– quarta-feira (24) – idosos com 76 anos ou mais;

– quinta-feira (25) – idosos com 75 anos ou mais; e,

– sexta-feira (26) – idosos com 74 anos ou mais.

Fique atento aos endereços das escolas

* EMEF Balbino Mascarenhas – rua Cândido Augusto de Mello, 415 (Simões Lopes) – 100 doses por dia;

* Colégio Pelotense – rua Marcílio Dias, 1.597 (Centro) – 200 doses por dia;

* EMEF Ministro Fernando Osório – avenida Fernando Osório, 1.522 (Três Vendas) – 200 doses por dia;

* EMEF Ferreira Viana – rua João Tomaz Munhoz, s/n° (São Gonçalo) – 100 doses por dia;

* EMEF Afonso Vizeu – rua Francisco Moreira, 285 (Areal) – 200 doses por dia;

* EMEF Francisco Caruccio – rua Leopoldo Brod, 3.220 (Três Vendas) – 100 doses por dia; e,

* EMEF Francisco Barreto – rua Triunfo, 2257 (Laranjal) – 100 doses por dia.

O que é importante saber antes de se vacinar?

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta para os casos que devem apresentar atestado médico na hora de receber o imunizante. São eles:

– portadores de doenças reumáticas imunomediadas;

– pacientes oncológicos, transplantados ou demais casos de imunossuprimidos; e,

– pessoas que apresentaram reação linfática confirmada a uma dose anterior de vacina Covid-19 ou a qualquer componente dos imunizantes.

Além disso, quem faz uso de imunoglobina humana deve se vacinar com, pelo menos, um mês de intervalo entre a administração da imunoglobina e o imunizante, a fim de evitar que ocorra interferência na resposta imunológica.

Não devem ser vacinadas as pessoas que apresentarem sintomas gripais ou demais doenças febris nas últimas quatro semanas.



Fonte: Diário da Manhã | Laranjal

Publicações Recentes

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para inscrever-se neste blog e receber notificações de novas publicações e promoções exclusivas por e-mail.

Junte-se a 36.964 outros assinantes

Deixe um comentário

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on tumblr
Tumblr