Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal, Pelotas, Rio Grande do Sul

Vacinação do grupo de pessoas com 75 anos ou mais foi garantida no drive-thru. O processo segue na terça-feira (23), para idosos com 74 anos ou mais 

O começo desta semana foi marcado pelo início da imunização de idosos de 75 anos ou mais em Pelotas. Nesta segunda-feira (22), 1.132 vacinas contra o coronavírus foram aplicadas no drive-thru, no Centro de Eventos da Fenadoce. Na terça-feira (23), no mesmo local e seguindo o sistema, a vacinação será destinada às pessoas com 74 anos ou mais.

A filha de Nair Lima de 75 anos entrou na fila, às 5h, para garantir a imunização da mãe. Enquanto isso, Nair lutava contra a ansiedade em casa. “Nem dormi direito esta noite”, lembrou. Os sentimentos de alívio e felicidade se misturaram com o de admiração pelo sistema organizado no local. “Eu rezava todas as noites, quando iniciou a vacinação, para que chegasse a minha vez”, contou emocionada.

Apesar da dor sentida na hora da aplicação, Noeni Gomes, 75 anos, afirmou estar mais tranquila após, finalmente, receber a 1ª dose. Ela foi acompanhada de sua cuidadora e do genro, que elogiaram a estrutura oferecida. Assim como ela, José Figueira, também de 75 anos, contou que, ao lado do seu filho, mesmo tendo se programado muito para o momento, não deixou a tranquilidade de lado.

De acordo com o Sistema de Monitoramento da Imunização no Estado, 34.113 doses da vacina já foram aplicadas em Pelotas, sendo 25.314 referentes à 1ª dose e 8.799 à 2ª dose.

Drive-thru continua nesta terça-feira

Nesta terça-feira, será a vez dos integrantes da faixa etária dos 74 anos ou mais receberem a 1ª dose do imunizante contra a Covid-19. A vacinação ocorrerá no sistema drive-thru, no Centro de Eventos da Fenadoce, com entrada pela avenida Pinheiro Machado.

Serão 2 mil doses disponibilizadas para aplicação das 9 às 17h. Os beneficiados deverão apresentar documento de identidade, cartão SUS ou CPF e comprovante de residência.

Drive Thru bastante movimentado, continua nesta terça-feira. Foto Michel Corvello

Vacinação nos bairros

A partir de quarta-feira (24), os idosos com idade entre 74, 75 e 76 anos poderão receber a proteção contra o coronavírus nas escolas municipais. O método de distribuição de fichas será repetido de acordo com as doses disponibilizadas em cada local. São sete pontos escolhidos para o processo, que vai até sexta-feira (26), das 10 às 15h, e seguirá a seguinte programação:

– quarta-feira (24) – idosos com 76 anos ou mais;

– quinta-feira (25) – idosos com 75 anos ou mais; e,

– sexta-feira (26) – idosos com 74 anos ou mais.

Fique atento aos endereços das escolas

* EMEF Balbino Mascarenhas – rua Cândido Augusto de Mello, 415 (Simões Lopes) – 100 doses por dia;

* Colégio Pelotense – rua Marcílio Dias, 1.597 (Centro) – 200 doses por dia;

* EMEF Ministro Fernando Osório – avenida Fernando Osório, 1.522 (Três Vendas) – 200 doses por dia;

* EMEF Ferreira Viana – rua João Tomaz Munhoz, s/n° (São Gonçalo) – 100 doses por dia;

* EMEF Afonso Vizeu – rua Francisco Moreira, 285 (Areal) – 200 doses por dia;

* EMEF Francisco Caruccio – rua Leopoldo Brod, 3.220 (Três Vendas) – 100 doses por dia; e,

* EMEF Francisco Barreto – rua Triunfo, 2257 (Laranjal) – 100 doses por dia.

O que é importante saber antes de se vacinar?

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta para os casos que devem apresentar atestado médico na hora de receber o imunizante. São eles:

– portadores de doenças reumáticas imunomediadas;

– pacientes oncológicos, transplantados ou demais casos de imunossuprimidos; e,

– pessoas que apresentaram reação linfática confirmada a uma dose anterior de vacina Covid-19 ou a qualquer componente dos imunizantes.

Além disso, quem faz uso de imunoglobina humana deve se vacinar com, pelo menos, um mês de intervalo entre a administração da imunoglobina e o imunizante, a fim de evitar que ocorra interferência na resposta imunológica.

Não devem ser vacinadas as pessoas que apresentarem sintomas gripais ou demais doenças febris nas últimas quatro semanas.



Fonte: Diário da Manhã | Laranjal

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on tumblr
Tumblr
Would you like to receive notifications on latest updates? No Yes