Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Portal Praia do Laranjal - www.PraiaDoLaranjal.tur.br
Praia do Laranjal, Pelotas, Rio Grande do Sul

Vacinação por sistema drive-thru será ampliada a partir de sábado (27). Nesta terça-feira, 1.338 pessoas foram vacinadas no Centro de Eventos da Fenadoce

Com a chegada de mais uma remessa de vacinas contra a Covid-19, a Prefeitura de Pelotas amplia, a partir de sábado (27), a imunização para idosos de 73 a 70 anos ou mais. O grupo prioritário receberá a primeira dose da vacina em sistema drive-thru e em prédios de escolas da rede municipal. Nesta terça-feira (23), 1.338 idosos de 74 anos ou mais foram imunizados na vacinação volante.

A ampliação da imunização para idosos de 73 a 70 anos ou mais será realizada em drive-thru, no Centro de Eventos, das 9 às 17h, seguindo o seguinte cronograma:

* sábado (27) – idosos com 73 anos ou mais e serão disponibilizadas 1.700 doses;

* domingo (28) – idosos com 72 anos ou mais e serão disponibilizadas 1.900 doses;

* segunda-feira (29) – idosos com 71 anos ou mais e serão disponibilizadas 2.100 doses; e,

* terça-feira (30) – idosos com 70 anos ou mais e serão disponibilizadas 2.200 doses.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta que a vacinação dessas faixas etárias terá continuidade para as pessoas que não conseguiram comparecer ao drive-thru, nos prédios das escolas municipais, nos dias 31 de março e 1º de abril, assim como foi feito em etapas anteriores da imunização.

Idosos vacinados nesta terça-feira

A estudante Ellen Damásio chegou ao Centro de Eventos da Fenadoce por volta das 7h30min desta terça-feira (23). Ela foi a motorista do pai, Adalberto Damásio de 74 anos, que faz parte do grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19. No meio da manhã, Adalberto recebeu a prevenção e a espera foi até motivo de brincadeira entre eles. “Conversamos, observamos o comportamento das pessoas, foi até divertido. Tudo muito tranquilo”, disse o idoso.

Adalberto Damásio foi um dos 1.338 idosos com 74 anos ou mais vacinados, nesta terça-feira, em sistema drive-thru, conforme levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O trabalho contou com força-tarefa com cerca de 100 pessoas, entre profissionais da saúde, estudantes da área da saúde e agentes de Trânsito, que atuaram para antecipar a coleta dos dados dos vacinados ainda na área externa do Centro de Eventos – local onde os motoristas aguardam o ingresso no pavilhão para a imunização. De acordo com o secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam, o procedimento garantiu a aplicação da vacina em aproximadamente 200 pessoas a cada hora no período da manhã.

Vacinação de 76 a 74 anos prossegue nas escolas

A partir desta quarta-feira (24), a imunização para pessoas de 76 a 74 anos ou mais passa a ser realizada em prédios das escolas rede municipal, das 10 às 15h.

A vacinação ocorrerá conforme o seguinte calendário:

– quarta-feira (24) – vacinação de idosos de 76 anos ou mais;

– quinta-feira (25) – vacinação de idosos de 75 anos ou mais; e,

– sexta-feira (26) – vacinação de idosos de 74 anos ou mais.

As escolas

* EMEF Balbino Mascarenhas – rua Cândido Augusto de Mello, 415 (Simões Lopes) – 100 doses por dia;

* Colégio Pelotense – rua Marcílio Dias, 1.597 (Centro) – 200 doses por dia;

* EMEF Ministro Fernando Osório – avenida Fernando Osório, 1.522 (Três Vendas) – 200 doses por dia;

* EMEF Ferreira Viana – rua João Tomaz Munhoz, s/n° (São Gonçalo) – 100 doses por dia;

* EMEF Afonso Vizeu – rua Francisco Moreira, 285 (Areal) – 200 doses por dia;

* EMEF Francisco Caruccio – rua Leopoldo Brod, 3.220 (Três Vendas) – 100 doses por dia; e,

* EMEF Francisco Barreto – rua Triunfo, 2.257 (Laranjal) – 100 doses por dia.

Para receber a primeira dose contra a Covid-19 é necessário apresentar identidade, cartão SUS ou CPF e comprovante de residência.

O que é importante saber antes de se vacinar?

A SMS alerta para os casos que devem apresentar atestado médico na hora de receber o imunizante. São eles:

– portadores de doenças reumáticas imunomediadas;

– pacientes oncológicos, transplantados ou demais casos de imunossuprimidos; e,

– pessoas que apresentaram reação linfática confirmada a uma dose anterior de vacina Covid-19 ou a qualquer componente dos imunizantes.

Além disso, quem faz uso de imunoglobina humana deve se vacinar com, pelo menos, um mês de intervalo entre a administração da imunoglobina e o imunizante, a fim de evitar que ocorra interferência na resposta imunológica.

Não devem ser vacinadas as pessoas que apresentarem sintomas gripais ou demais doenças febris nas últimas quatro semanas.



Fonte: Diário da Manhã | Laranjal

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on tumblr
Tumblr