Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas

Força Rio Grande do Sul

Fé! Força! Resiliência!

loader-image
Pelotas
Pelotas / RS
,
temperature icon
Humidity Humidity:
Wind Wind:
Wind Gust Wind Gust:
Clouds Clouds:
Visibility Visibility:
Sunrise Sunrise:
Sunset Sunset:

Rádio Laranjal

Anúncie grátis sua empresa

Pelotas confirma situação de emergência

Com mais de R$ 90 milhões de prejuízos causados pelas inundações e pela chuva excessiva, prefeita assinou decreto nesta quarta-feira
A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, assinou, nesta quarta-feira (27), o decreto de situação de emergência devido aos estragos causados pelos fortes temporais e inundações registradas em setembro. A soma dos prejuízos totaliza R$ 91,2 milhões, com maiores impactos na agricultura, infraestrutura viária dos bairros, além dos danos em estrutura públicas, como pontes e estradas rurais. O decreto, que tem validade de 180 dias a partir da data de sua publicação, busca medidas para conter as catástrofes climáticas que ocorrem desde o início deste mês.

Prefeita assinou decreto nesta quarta-feira (27). Foto: Rodrigo Chagas
Conforme os dados do Sanep, a precipitação acumulada em setembro chegou a 524 milímetros e é a maior já registrada na história da cidade. O prejuízo na agricultura, segundo a Emater, é o mais impactante, com valor de R$ 40 milhões. Em seguida, aparecem os danos causados nas vias não pavimentadas, que somam R$ 32,9 milhões. As contas com estradas rurais, pontes e a degradação de vias pavimentas apontam em mais R$ 18 milhões.
A situação começa a melhorar, mas o trabalho continua
A mudança na direção do vento, que virou para o sul, e a trégua da chuva colaboraram para o recuo das águas da Lagoa dos Patos e vários pontos que estavam inundados secaram. Ao longo do dia, várias secretarias atuaram para recuperar a infraestrutura da cidade e atender a população afetada. Os trabalhos envolveram equipes das secretarias de Assistência Social, Saúde, Serviços Urbanos e Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Desenvolvimento Rural e Defesa Civil. Apesar da melhora das condições climáticas, 155 pessoas de 47 famílias permanecem em quatro abrigos da Prefeitura, localizados na Colônia de Pescadores Z3.

Desabrigados – Foto: Michel Corvello
A Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) está atendendo as regiões da Z3, Valverde, Nova Prata e Doquinhas, oferecendo auxílio e informações aos moradores. Durante a tarde, equipe da SAS foi de barco até o Pontal da Barra para entregar 47 cestas básicas aos moradores, que permanecem ilhados. A Secretaria da Saúde (SMS) enviou medicamentos, 37 pacotes de fraldas adultas e 95 pacotes de fraldas infantis para os moradores da Z3, que continuam abrigados. As equipes da Unidade Básica de Saúde (UBS) Z3 foram reforçadas para atender a comunidade.
Na zona rural, a Defesa Civil distribuiu dez rolos de lona para moradores das localidades da Cascata, Santa Silvana, Quilombo e Rincão da Cruz.
Segundo o Sanep, o nível atual do canal São Gonçalo está em 2,13 metros, o que representa o recuo de 33 centímetros em comparação a segunda-feira. O mês de setembro registrou a maior quantidade pluviométrica acumulada no período em Pelotas, ultrapassando a marca de 500 milímetros.
Mutirão de limpeza e recuperação
A partir desta quinta-feira (28), o Município dará início ao mutirão de recuperação das áreas da orla do Laranjal. Simultaneamente, as equipes trabalham nas principais praças e avenidas da zona urbana, recolhendo resíduos após o recuo das águas. Na terça-feira, foram retirados entulhos nas avenidas Duque de Caxias, Domingos de Almeida, São Francisco de Paula, Fernando Osório, Juscelino Kubistchek de Oliveira e 25 de Julho. Na quinta-feira (28), serão realizadas atividades nas avenidas Dom Joaquim, República do Líbano e Leopoldo Brod.
Foto: Michel Corvello
No Laranjal, os filtros da praia estão em processo de desobstrução e limpeza pela equipe da Ssui e, quinta-feira, será programado o mutirão de limpeza na orla. A ponte da Colônia Z3 foi reparada, sentido bairro-Centro, pela SDR. Ainda nesta quarta-feira, a equipe do desenvolvimento Rural trabalha no patrolamento da estrada. Até quinta-feira, o outro lado da ponte será consertado.
Transporte e Trânsito
Conforme os dados da Secretaria de Trânsito e Transportes (STT), nenhuma via da cidade está interrompida. Algumas linhas de ônibus precisaram de desvios.
– Sítio Floresta atende com desvios, formando um quadrilátero nas ruas em volta do bairro.
– Areal não está atendendo a região das ruas Agostinho Fernandes, Izeu Barbosa, Pereira de Vasconcelos, estrada da Costa e avenida João Gomes Nogueira, na região dos fundos.
– Gotuzzo está com desvios pela BR-471 e rua Paulo Zanotta da Cruz, não atendendo a rua Professor Felisberto Machado Júnior.
– Lauro Ribeiro Distrito está desviando pela rua Giuseppe Mattea, sem atendimento à avenida Herbert Hadler.
– Passo do Salso atende até a Vila Nova.
– Toussaint não está atendendo Santa Terezinha-Toussaint, porém Santa Terezinha-Lindoia continuam sem desvios.
– A Colônia Z3 retorna com atendimento a partir das 16h30min, após reparos na ponte.



Pelotas confirma situação de emergência

Fonte: Diário da Manhã | Balneário Valverde
-
Créditos das fotos e textos presentes nesta publicação, são todos reservados a fonte original deste artigo, Jornal Diário da Manhã – Pelotas / RS.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para inscrever-se neste blog e receber notificações de novas publicações e promoções exclusivas por e-mail.