Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas
Praia do Laranjal em Pelotas - Turismo no Rio Grande do Sul, Turismo em Pelotas

Força Rio Grande do Sul

Fé! Força! Resiliência!

loader-image
Pelotas
Pelotas / RS
,
temperature icon
Humidity Humidity:
Wind Wind:
Wind Gust Wind Gust:
Clouds Clouds:
Visibility Visibility:
Sunrise Sunrise:
Sunset Sunset:

Rádio Laranjal

Anúncie grátis sua empresa

Sanep inaugura novo Ecoponto no Fragata

A unidade conta com estrutura qualificada e moderna para o descarte adequado de resíduos
Ter espaços adequados para o descarte correto de resíduos auxilia na preservação ambiental e no desenvolvimento sustentável do município. Pensando nisso, o Sanep inaugurou o novo Ecoponto Gotuzzo nesta sexta-feira (12). A prefeita Paula Mascarenhas esteve presente na entrega da nova unidade, que oferece uma estrutura qualificada e moderna aos moradores do Fragata para o descarte de diversos materiais, como entulhos de construção civil, móveis, pneus, podas e galhos, eletroeletrônicos e recicláveis.
“Estou muito feliz e emocionada com a entrega desse Ecoponto. Aqui tem mais do que saneamento, tem empatia, tem cuidado e respeito, tem trabalho coletivo e gestão pública de qualidade. Essa entrega mostra os dois pilares fundamentais do nosso governo, capricho e carinho com os cidadãos. Um local lindo e inovador para o descarte correto de resíduos, tornando a nossa cidade cada vez melhor para se viver”, afirmou Paula.
O Ecoponto Gotuzzo destaca-se das demais unidades gerenciadas pela autarquia por ser o primeiro a disponibilizar os Postos de Entrega Voluntária (PEVs), estrategicamente localizado na entrada do Ecoponto. O local recebe resíduos recicláveis, em pequena quantidade, todos os dias da semana, inclusive, fora do horário de funcionamento. Além disso, a estrutura também possui uma plataforma de descarga, projetada para facilitar o acesso dos veículos à unidade, simplificando e agilizando o processo de descarte dos resíduos de obras e podas em geral.
Com investimento de R$ 400 mil, com recursos próprios do Sanep, o Ecoponto foi idealizado com foco na sustentabilidade, visando à construção limpa e eficiente, com redução significativa de processos e etapas. O espaço, com dois mil metros quadrados, foi construído em apenas três meses, utilizando contêineres reciclados para o escritório e recepção, banheiros, almoxarifado e outras instalações, contribuindo para a economia de recursos e materiais. Além disso, a nova unidade representa um modelo de referência para futuros Ecopontos da cidade, permitindo adaptações conforme as necessidades de cada local.
“O sol não apareceu, mas sem dúvida é um grande dia para a entrega do Ecoponto Gotuzzo. Esse espaço, diferentemente dos outros, foi pensado do zero, como um Ecoponto que a gente entende ser o ideal. Os PEVs vão funcionar 24 horas por dia, para que a população tenha condições de entregar os seus resíduos, ajudando a combater os descartes irregulares e também promovendo a reciclagem desses materiais”, destacou a diretora-presidente do Sanep, Michele Alsina.
Para o morador Roberto Santos, que vive há mais de 45 anos no Fragata e acompanhou de perto a obra do novo Ecoponto, a inauguração representa a solução para o descarte responsável de resíduos e também uma oportunidade de contribuir ativamente para a preservação do meio ambiente. “Eu nunca tinha visto um Ecoponto igual a esse, é um projeto de primeiro mundo. Com certeza, é uma conquista para toda a comunidade. Até já separei as embalagens e garrafas plásticas para descartar no Ecoponto”, disse.
Como funciona
O Ecoponto Gotuzzo está situado na rua Machado de Assis, próximo ao reservatório da rua Epitácio Pessoa. Funciona de segunda-feira a sábado, das 8 às 12h e das 13 às 17h. O limite diário de descarte por pessoa é de um metro cúbico de materiais, equivalente, em volume, a uma caixa d’água de mil litros, por exemplo. A unidade é a quinta a ser entregue pela autarquia. Desde que assumiu a gestão dos Ecopontos em 2021, o Sanep requalificou e entregou à comunidade os Ecopontos JK, Balsa, Cerquinha e Laranjal.
O que pode ser descartado no Ecoponto?
Materiais recicláveis, tais como plástico, vidro, papel, papelão, espelhos, metais e isopor; resíduos provenientes da construção civil, como tijolos, concreto, terra, madeira, forros e argamassa; equipamentos eletroeletrônicos de linha branca (geladeira, fogão, televisão, monitor e impressora), resíduos resultantes do manejo de vegetação e jardinagem, como podas e supressão, itens volumosos desmontados (móveis, sofás, armários, guarda-roupas, mesas e colchões), pneus e óleo de cozinha saturado.
O que não deve ser descartado no Ecoponto?
Materiais orgânicos; resíduos biológicos, como medicamentos, seringas, agulhas, curativos e animais mortos, resíduos químicos e industriais, incluindo embalagens e resíduos de agrotóxicos, lâmpadas, pilhas e baterias.
 
Foto: Gustavo Vara



Sanep inaugura novo Ecoponto no Fragata

Fonte: Diário da Manhã | Laranjal
-
Créditos das fotos e textos presentes nesta publicação, são todos reservados a fonte original deste artigo, Jornal Diário da Manhã – Pelotas / RS.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para inscrever-se neste blog e receber notificações de novas publicações e promoções exclusivas por e-mail.